next up previous contents
Próxima: Aquisição de dados Volta: Tomografia Computadorizada Anterior: Tomografia Computadorizada


Número CT

O coeficiente de atenuação linear média $ \mu_t$ de cada pixel é comparado com o coeficiente da água, $ \mu_a$, definindo o número CT:

$\displaystyle CT = 1000(\mu_t - \mu_a)/\mu_a.$

A água é utilizada como referência porque seu coeficiente de atenuação é similar ao dos tecidos moles, e é um material fácil de obter para calibrar os aparelhos. O coeficiente 1000 é utilizado para obter números inteiros.

O número CT, ou coeficiente de Hounsfield, é definido como -1000 para o ar e 0 para a água. Para os tecidos em geral, ele depende da energia do feixe empregado. Por exemplo, para 80 keV, se o coeficiente de atenuação linear típico de ossos é de 0,38 $ cm^{-1}$, e da água 0,19 $ cm^{-1}$, o número CT dos ossos é de +1000. Pode ser ainda maior para ossos corticais. Estes valores também variam de aparelho para aparelho, já que os coeficientes dependem da distribuição de energia do feixe. A radiação observada, $ I$, está relacionada com a radiação na fonte, $ I_0$, por:

$\displaystyle I = I_0 e^{-\mu x}.$

Tecido CT
Ar -1000
Pulmão -900 a -400
Gordura -110 a -65
Água 0
Rim 30
Sangue normal 35 a 55
Sangue coagulado 80
Músculo 40 a 60
Fígado 50 a 85
Ossos 130 a 250

Por convenção, altos valores de CT são imageados como branco, e baixos como preto. Como o olho humano não pode distinguir os milhares de coeficientes, utilizamos a técnica de janelas (windowing), para graficar somente os valores em uma certa faixa.

Por exemplo, uma tomografia do tórax na altura do mediastino, usa uma janela de CT=500, com níveis de -211 a 289, em intervalos de 39. Os pulmões, que têm CT muito menor, são escuros.

\epsfig{file=mediastino.epsf,width=5cm,clip=}

Para observar os pulmões, usamos uma janela de CT=850, em um níveis muito mais baixo, próximo de -1000, e o mediastino fica completamente branco.

\epsfig{file=pulmoes.epsf,width=5cm,clip=}
Outro exemplo de escolha de janela para apresentação pode ser visto nesta figura:
\epsfig{file=subtr2.epsf,width=5cm,clip=}
Se a imagem não for armazenada digitalmente, não poderemos alterar a janela posteriormente, mostrando outros tecidos. Atualmente as imagens são impressas em filmes, e descartadas.


next up previous contents
Próxima: Aquisição de dados Volta: Tomografia Computadorizada Anterior: Tomografia Computadorizada

Modificada em 21 set 1998