next up previous contents
Próxima: Tomografia por Emissão de Pósitrons - Volta: Equipamentos Anterior: Câmara de Cintilação


Fotomultiplicadoras

\epsfig{file=fotom.epsf,width=7cm,clip=}

As fotomultiplicadoras, ou células foto-elétricas, são tubos de vidro sob vácuo, contendo um foto-cátodo (negativo), recoberto por material que absorve a luz e emite elétrons, que são acelerados em direção a um ânodo (positivo). No caminho, estes elétrons se chocam com dinodos que estão progressivamente a potenciais mais altos, e em cada um destes um elétron desloca 3 a 4 novos elétrons, que são acelerados até o próximo dinodo. Desta maneira, após 10 estágios, os elétrons foram multiplicados por um fator de $ 4^{10}=10^6$. Desta maneira, a luz incidente produz uma corrente (voltagem) que pode ser medida eletronicamente. O fator de amplificação é extremamente sensível á mudanças na voltagem (cerca de 1kV), que precisa ser altamente estabilizada.


next up previous contents
Próxima: Tomografia por Emissão de Pósitrons - Volta: Equipamentos Anterior: Câmara de Cintilação

Modificada em 21 set 1998